facebooktwitter2FlickrYouTube

Português (Brasil)English (United Kingdom)Español(Spanish Formal International)
Missão Zabaleta

Convidado para encerrar a programação de Brasília, o artista espanhol apresenta solo sobre o medo, domingo, às 20h, no Teatro Funarte Plínio Marcos

asier noticias_0kO coreógrafo e dançarino espanhol Asier Zabaleta tem a missão de encerrar a programação do VIVADANÇA em Brasília. Em verdade, ele foi convidado para essa tarefa, tanto que se apresenta somente no Distrito Federal, sem passagem pelas outras cidades do festival (Salvador e Belo Horizonte). Nessa primeira mostra do VIVADANÇA em Brasília, Zabaleta enriquece o time de atrações internacionais. Domingo, às 20h, no Teatro Funarte Plínio Marcos, ele mostra o solo Elagujerodelavestruz (O Buraco do Avestruz), com ingressos a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

O espetáculo aborda o medo, o deixar de lado aquilo que verdadeiramente se quer fazer para conforma-se com prêmios de consolação que apenas rondam o desejado - e, às vezes, nem isso. A idéia do coreógrafo e dançarino é provocar o medo que nunca desaparece da vida e sempre reaparece com novos motivos e com forças renovadas, até que a pessoa se sinta como um super-herói que acaba de perder todos os seus poderes.

Depois de se formar em dança, música, teatro e belas artes em São Sebastião, Bilbao e Zurique, Asier Zabaleta participou como intérprete das companhias Arteszena, Adeshoras, Compañía de Vicente Sáez, Hojarasca, Q-ro y Cia y Maskarada.De 1999 a 2004 foi integrante da companhia suíça Alias, residente em Genebra, onde participou da criação de obras de dança-teatro e de outros projetos paralelos, como filmes, exposições, e improvisações públicas. Seus trabalhos coreográficos têm recebido reconhecimento do publico e da crítica.